12 maio 2012

Feliz dia das mães

          
           Oi gente a ansiedade toma conta de mim... Enfim é o meu 1° dia das mães, nossa quem diria “EU” mãe!!! É eu fugia da maternidade como o diabo foge da cruz... 
           Ser mãe era o meu maior sonho e meu maior pesadelo...Ignorante ou Inexperiente achava que ter um filho acabaria com a minha vida, com a minha liberdade... Mal sabia eu que seria invadida por um sentimento sem igual... Gerar um ser é se entrega de corpo e alma, como diz meu obstetra Dr. Raimundo Rabelo ser mãe é dedicar-se do fio de cabelo ao dedão do pé.
          Cogitei a ideia de ter um filho por motivos óbvios já estava me formando, tinha um relacionamento sólido e maduro, meu esposo cobrava um filho mais do que tudo e a família também... rsrsrs e eu já estava ficando velha...rsrsrsr
          Quando eu resolvi mesmo engravidar ai vieram as frustrações, tentávamos e nada! Enfim tudo foi no tempo de DEUS... Hoje e nesse momento tenho nos meus braços o maior presente que poderia ter recebido na vida, sabia que não seria fácil mais não fazia ideia que seria tão gratificante...
            Vivo cada dia cada momento às vezes me pego querendo fazer as minhas coisas, coisas que fazia antes dele nascer, ai penso... “não, vou ficar com ele, olhar pra ele, ver e participar de cada nova aquisição no seu DNPMN...rsrsrss” (DNPMN= Desenvolvimento Neuro Psico Motor Normal) É pq mesmo pra mim que estudei cada fase do DNPMN de uma criança, cada momento é único, cada choro é angustiante, cada riso é emocionante, cada som é música nos ouvidos... Enfim hoje me sinto plena, vencedora e realizada, entendo bem o que a minha mãe queria dizer quando me dizia “quando vc tiver seus filhos vai me entender” é tão bom saber que aquela pessoinha e parte de vc e precisa de vc mesmo que seja só por algum tempo.
             Engraçado como vc muda sua vida e nem se toca pra isso, sair de casa com ele é um trabalhão sair de casa sem ele é tenebroso e pra mim que já comecei a trabalhar...poxa olho pra ele quando saio e penso “ele é tão pequeno precisa tanto de mim” e parece que ele sente, depois que saio ele abre o berreiro...´´ é tão difícil é um amor que não se pode calcular...por isso que hoje desejo a minha maravilhosa mãe Cristina Travassos um grandioso dia das mãe, a minha avó, minhas tias, minha sogra primas, amigas e pra mim que somos mamães...Parabéns por serem tão especiais gerar uma vida é uma dádiva.




                           Esse é o maior presente que recebi até hoje...



                Ela é minha rainha, minha mãe meu exemplo, minha heroina... te amoooooooo....



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi povo lindo de bonito! Que bom tê-los aqui.
Sempre um post novo cheio de arte, reutilização e criatividades para vocês. Comente e deixem sua opinião.
Um Beijo e inté!!!